quarta-feira, 4 de junho de 2008

Paramahansa Yogananda - Autobiografia de um Iogue, p. 72


_ Mestre, o senhor é maravilhoso! - Um estudante, ao se despedir, olhou com devoção para o sábio patriarcal. - Renunciou às riquezas e ao conforto para buscar Deus e nos ensinar a sabedoria! - Era de conhecimento geral que Bhaduri Mahasaya renunciara à substancial riqueza familiar em sua meninice quando, sem desviar-se de seu propósito, entrou na senda da ioga.
_ Você está invertendo as coisas! - A face do santo expressava meiga repreenção. - Deixei algumas rupias desprezíveis, alguns prazeres mesquinhos, em troca de um império cósmico de bem-aventurança interminável. Como dizem, então, que neguei tudo a mim mesmo? Conheço a alegria de partilhar o tesouro. Chamam a isto sacrifício? As multidões míopes do mundo é que são as verdadeiras renunciantes! Renegaram a posse de um bem divino sem paralelo, por um mísero punhado de brinquedos terrenos!

3 comentários:

Ivo "Magna" Minikowski disse...

Gênios existem, para aparecerem!

fantástico, quem abdica algo, somos nós, fato! Ou eles, aqueles que não "Escolhem", aqueles que não têm caminho.

denise kapazi disse...

gostei do bLOG, parabéns
bj

Luana Barcelos disse...

Oi Juaaan (: